Ser feliz na aposentadoria depende de você!

Convidamos o presidente do Instituto Brasileiro de Coaching para te ajudar a ter uma aposentadoria plena

Desde 1980, o aposentado brasileiro celebra seus feitos e suas realizações durante sua carreira em 24 de janeiro. Neste dia, também é comemorado o Dia da Previdência Social. A lei que criou a Caixa de Aposentadoria e Pensão – Eloy Chaves – foi aprovada nesta mesma data, dando origem à Previdência Social.

Porém, a esperada recompensa por tanto tempo de trabalho duro pode não ser vista de maneira tão positiva por alguns aposentados que têm a realização pessoal completamente vinculada à carreira.

Sendo assim, quando a vida profissional chega ao fim, é natural que um descontentamento surja. Nesses casos, é necessário trabalhar a mente para ver essa fase de transição como positiva, como uma novidade.

O presidente do Instituto Brasileiro de Coaching, José Roberto Marques, explica que a aposentadoria é o início de um novo ciclo e para que todos encontrem felicidade plena é importante buscar se conhecer melhor. “É através do autoconhecimento que esse profissional fará um levantamento de toda sua carreira, das suas realizações, das suas habilidades e competências, bem como conseguirá enxergar de maneira mais clara seus anseios futuros. O processo de autoconhecimento oferecerá a esse profissional uma visão de tudo aquilo que ainda deseja fazer na vida, seja no aspecto profissional ou pessoal”, explica o Master Coach Senior.

A incerteza desse período pode levar alguns a adiarem a aposentadoria, mesmo cansados da rotina do trabalho. “Esse medo pode trazer uma espécie de bloqueio. Existe essa crença limitante quando falamos em aposentadoria e ela pode atrapalhar tanto no período que antecede a aposentadoria como em um momento posterior. É preciso desvincular da aposentadoria a ideia de que será ociosa e improdutiva”, comenta José Roberto.

Para evitar que ao chegar nessa fase a falta de planejamento gere incerteza e ansiedade, trabalhe ao longo da vida adulta todas as possibilidades que seus hobbies e conhecimentos podem proporcionar. José Roberto aconselha: “nossa carreira deve ser planejada desde o início e conter metas de curto, médio e longo prazo. Não existe momento certo para pensar na aposentadoria, ela deve ser feita quando sentir necessidade de parar. Planeje-se para que ela ocorra de maneira leve e cumpra com suas expectativas”.

Tempo Livre

Assim que se aposentar, os primeiros dias serão preenchidos por atividades que foram adiadas por décadas. Após alguns meses, quando essas tarefas já foram realizadas, um incômodo pode surgir. Para evitar esses sentimentos desagradáveis, José Roberto aconselha que os aposentados pensem em atividades produtivas que tragam prazer ou até mesmo uma fonte de renda. Busque dentro dos seus anseios algo que te dê prazer, um hobbie, um esporte ou mesmo um ofício que gostaria de aprender.

Autoconhecimento

Para te ajudar a passar por essa fase de transição com sucesso, o presidente do Instituto Brasileiro de Coaching, José Roberto Marques, preparou uma autorreflexão que fará com que se conheça melhor e assim busque o que te trará prazer na melhor idade. Responda:

  • Quais são seus dons e talentos?
  • Qual sua missa de vida?
  • Quais seus valores?
  • O que as pessoas admiram em você?
  • Quais suas principais habilidades?
  • Quais seus pontos positivos?
  • Quais pontos que você reconhece que devem ser melhorados?
  • Quais são seus sonhos?
  • O que verdadeiramente te faz feliz?

 

Tags: aposentadoria carreira hobbie Previdência Social qualidade de vida

Veja mais