Emoções x Consumo: fuja desta disputa!